Educação e Esporte

Loading...

domingo, 24 de março de 2013

PSICOMOTRICIDADE


"É a educação dos movimentos colocando em jogo as funções da inteligência."

     A Psicomotricidade contribui de maneira expressiva para a formação e estruturação do esquema corporal e tem como objetivo principal incentivar a prática do movimento em todas as etapas da vida de uma criança. Por meio das atividades, as crianças, além de se divertirem, criam, interpretam e se relacionam com o mundo em que vivem. Por isso, cada vez mais os educadores recomendam que os jogos e as brincadeiras ocupem um lugar de destaque no programa escolar desde a Educação Infantil.

       ESQUEMA CORPORAL – Conceitos
      É o reconhecimento e a conscientização das diversas partes do corpo. Possibilitando as relações com o meio ambiente.
       Etapas:
       a) CONHECIMENTO:
      A criança deve demonstrar o conhecimento das diferentes partes do corpo em relação a ela mesma e nos outros.
       b) ORGANIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO:
      São todas as atividades em que a criança organiza e integra as diferentes partes do corpo dentro de situações especiais. Esta organização ocorre de ordem interna.
       c) EXPRESSÃO:
      É o uso de toda a expressão corporal da criança de forma observável. (Com ou sem estímulo verbal).

       COORDENAÇÃO MOTORA AMPLA
      É uma ação motora que envolve os grandes músculos e as grandes massas musculares.

       ETAPAS:
        a) COORDENAÇÃO DINÂMICA GERAL:
      Capacidade da criança em usar coordenadamente os músculos em     uma     determinada atividade.
       b) EQUILÍBRIO:
     Define-se pela manutenção do corpo em uma mesma posição durante um tempo determinado.
      Tipos: Estático, Dinâmico e Recuperado
c) FREIO INIBITÓRIO
     Capacidade que a criança tem de controlar o seu próprio corpo e mudá-lo de direção quando em movimento. É o controle do movimento no tempo e no espaço.
      d) TONICIDADE:
      É o estado de tensão em que se encontram os músculos quando a inversão e a vascularização estão intactas.
       e) RELAXAÇÃO:
      Diminuição da tensão muscular que leva a criança a sentir-se mais a vontade com o seu próprio corpo.

       COORDENAÇÃO MOTORA FINA
      É uma ação motora que envolve os pequenos músculos e as pequenas massas musculares.

       ETAPAS:
      
       a)COORDENAÇÃO VISO MOTORA:
      É o uso coordenado do olho em relação às mãos, aos pés e ao próprio corpo. Dividem-se em: Óculo Manual / Óculo Pedal
 
       b)COORDENAÇÃO MANUAL DIGITAL:
      É aplicação correta e coordenada dos dedos em relação às mãos.

       PERCEPÇÃO
      Aquisição de conhecimento por meio de
      impressões sensoriais do mundo exterior e do próprio corpo.

       ETAPAS:
       a) ASPECTO SENSORIAL:
      Meio pelo qual o indivíduo organiza, e chega a uma compreensão dos fenômenos, que são constantemente dirigidos sobre ele.

      b) ESTRUTURAÇÃO ESPACIAL:
      Consiste na capacidade de reconhecer e perceber uma determinada forma em qualquer posição no espaço. Percebendo assim as posições de dois ou mais objetos em relação entre si abrangendo desde a posição que ocupamos no espaço até as formas de como dispomos dele.

      c)ESTRUTURAÇÃO TEMPORAL:
      É uma ação cognitiva, que visa a confirmar a noção de que há coisas, que se seguem no espaço. É conhecer o presente a um “ANTES”  e um “DEPOIS”.
   
       d)FIGURA FUNDO:
      É a capacidade de discriminação da figura principal entre um grupo de elementos.

       e)ANÁLISE E SÍNTESE:
      ANÁLISE é separar. “Operação que decompõe o objeto de estudo em unidade menores”.
      SÍNTESE é juntar. “Operação que coloca as unidades para formar um todo”.

       RITMO
      É o resultado das relações entre os fenômenos de velocidade, duração, intensidade, observando suas variáveis.

       LATERALIDADE

      É a capacidade de integrar relações sensório-motoras com o ambiente através do estabelecimento da dominância homolateral das mãos, pés e olhos.
      É o uso preferencial que se faz por um dos lados do corpo.
      É a tradução de um predomínio motor referido aos segmentos (olhos, mão, pé) direito ou esquerdo do corpo.

REFLETINDO

      O trabalho da educação psicomotora com as crianças deve prever a formação de base indispensável em seu desenvolvimento motor, afetivo e psicológico, dando oportunidade para que por meio de jogos, de atividades lúdicas, se conscientize sobre seu corpo.
      Através da recreação a criança desenvolve suas aptidões perceptivas como meio de ajustamento do comportamento psicomotor. Para que a criança desenvolva o controle mental de sua expressão motora, a recreação deve realizar atividades considerando seus níveis de maturação biológica. A recreação dirigida proporciona a aprendizagem das crianças em várias atividades esportivas que ajudam na conservação da saúde física, mental e no equilíbrio sócio-afetivo.

"Brincando a criança aprende, inventa,
experimenta e desenvolve sua inteligência."

Nenhum comentário:

Postar um comentário