Educação e Esporte

Loading...

sábado, 11 de fevereiro de 2012

PAZ NA ESCOLA: Dinâmicas de Grupo

http://jovem.estudos.zip.net/
A indisciplina é um grande rival da aprendizagem e do bom convívio escolar, ela amplia a violência no espaço da escola, que deveria ser de segurança e respeito.
Devido a isto, iniciamos o nosso ano escolar com o tema “PAZ e SOLIDARIEDADE”, com o objetivo de fortalecer os valores que as promovam, não só no ambiente escolar, como em todo espaço social.
A disciplina Educação Física tem como objetivos específicos:
1º ano
Construir e adaptar as regras escolares definidas nas aulas, reconhecendo sua importância na construção de um espaço de paz.
2º e 3º anos
Participar das atividades corporais, adotando atitudes cooperativas e solidárias, favorecendo a paz no ambiente escolar.
4º e 5º anos
 Valorizar a prática da Educação Física e reconhecer a sua importância como atividade fundamental à saúde e à promoção da paz no ambiente escolar.

DINÂMICAS DE GRUPO
As atividades relacionadas abaixo têm como objetivo favorecer o sentimento de grupo, proporcionando uma acolhida positiva para todos, além de proporcionar momentos de reflexão sobre a importância de um espaço harmônico e seguro para todos e da valorização de regras construídas em grupo para a promoção da PAZ.

1.       O GAROTINHO (O ALUNO) CHAMADO AMOR

Fazer gestos, cada vez que na história aparecer as seguintes palavras:
PAZ – Aperto de mão
AMOR – Um abraço
GARRA – Trocar de lugar (ou bater bem forte os pés no chão)
SORRISO –  Gargalhada
BEM-VINDOS – Bate palmas


Era uma vez um garotinho (aluno) chamado AMOR.  AMOR sonhava sempre com a PAZ.  Certo dia, descobriu que a vida só tinha sentido  quando ele descobrisse a PAZ, e foi  justamente  nesse dia que o AMOR saiu a procura da PAZ.

Chegando à escola onde estudava, encontrou os seus amigos que tinham um SORRISO nos lábios, e foi nesse momento que o AMOR começou a perceber que o SORRISO dos amigos transmitia a PAZ, pois sentiu que a PAZ existe no interior de cada um de nós, basta saber dar um SORRISO.

Então traga a PAZ, o SORRISO e a GARRA para junto de nós. Dê um SORRISO bem bonito e sejam todos BEM-VINDOS.

2.       ABRAÇOS MUSICAIS

Os alunos dançando no ritmo da música.  Abraçando os colegas enquanto dançam. Quando a música parar, os alunos deverão abraçar apenas um colega.
 Ao iniciar a música os alunos deverão dançar em dupla.
Na próxima vez que a música parar, trocar de par, fazer um abraço em grupos de três.  E assim sucessivamente, até fazer um grande abraço com todos.

3.       ESTÁTUA DO TOQUE

Ao som da música, as crianças devem se movimentar de acordo com o ritmo. Quando a música parar, os alunos deverão ficar imóveis, porém tocando no colega. Isto é, abraçando, de mãos dadas, aperto de mão, tocando no cabelo etc.
É eliminado do jogo o aluno que não tocar em nenhum colega, o que fizer algum toque de forma agressiva ou o que se mexer.

 Música utilizada na dinâmica 2 e 3 : Diga sim! À PAZ  -Eliana, 2000  (http://www.youtube.com/watch?v=o-Ba7miUSU0&noredirect=1)

4.       PAZ NA ESCOLA

Material necessário: Desenho da sua escola, fita gomada, pincel de lousa ou papel e lápis.

 A professora cola o desenho da escola na lousa. Fala da importância de um ambiente de paz. E faz a pergunta:  
O que o aluno deve fazer para construir uma escola de paz?

http://2ano.blogdante.com.br/?idCategoria=1535&cdHistorico=

Os alunos que quiserem se manifestar devem ir até a lousa, e escrever em volta do desenho como pode contribuir para que a escola seja um espaço de PAZ, ou a professora entrega papel para os alunos, que devem escrever as suas respostas.  O aluno deverá ler para os colegas o que escreveu e depois colocar o papel em volta do desenho.

Posteriormente, a professora, junto com os alunos, criarão regras disciplinares  que deverão ser cumpridas por todos no decorrer do ano.

Ao final da atividade, colocar a música Paz pela paz de Nando Cordel (http://letras.terra.com.br/nando-cordel-musicas/204823/)


UNESCO 2000 - Por uma cultura de paz e não violência, reconhece a cota de responsabilidade de cada um com o futuro da humanidade, especialmente com as crianças de hoje e as gerações futuras. Cada indivíduo deve se comprometer – em sua vida diária, em sua família, no seu trabalho, na sua comunidade, no seu país e na sua região, a:
Respeitar a vida e a dignidade de cada pessoa, sem discriminação ou preconceito;  rejeitar a violência sob todas as formas;  defender a liberdade de expressão e a diversidade cultural; respeitar os princípios democráticos , de modo a construir novas formas de solidariedade visando o fim da exclusão, da injustiça e da opressão política e econômica e promover um comportamento de consumo responsável  pela preservação do equilíbrio da natureza do planeta.
http://www.leonelzinho.com.br/amigos_do_esporte.html

Texto para trabalhar com alunos das séries iniciais do Ensino Fundamental:


UBUNTU
  

 A jornalista e filósofa Lia Diskin, no Festival Mundial da Paz, em Floripa (2006), nos presenteou com um caso de uma tribo na África chamada Ubuntu.
Ela  contou que um antropólogo estava estudando os usos e costumes da tribo e, quando  terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo, mas ele não queria   catequizar
 os membros da tribo; então, propôs uma brincadeira pras crianças, que achou  ser inofensiva.


 Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita  e colocou debaixo de uma árvore. Aí ele  chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse "Já!", elas deveriam sair  correndo

 até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam   lá dentro. 


 As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse "Já!", instantaneamente todas   as crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto.  Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem felizes.
O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou porque elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces. 

Elas simplesmente responderam: "Ubuntu, tio. Como uma de nós  poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?"
  
 Ele ficou desconcertado! Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda  não havia compreendido, de verdade,essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo?

Ubuntu significa: "Sou quem sou, porque somos todos nós!" 

UBUNTU P'RA VOCÊ!

Nenhum comentário:

Postar um comentário