Educação e Esporte

Loading...

sábado, 19 de novembro de 2011

PREVENÇÃO DO USO DE DROGAS: Gincana Cultural

I GINCANA CULTURAL DE COMBATE ÀS DROGAS

No dia 18 de novembro, na quadra esportiva da EMEF Firme na Fé, foi realizada mais uma ação pedagógica voltada para a prevenção ao uso de Drogas: I Gincana Cultural de Combate às Drogas. Essa ação está relacionada ao Projeto Escola: espaço de inclusão. As turmas de 4º e 5º anos se organizaram e se empenharam em estudar e executar as atividades a serem apresentadas. Foi uma manhã e uma tarde onde os alunos participaram ativamente, refletindo e intensificando as informações dadas anteriormente.


Cronograma da Programação

1. Acolhida dos alunos e professoras

2. Palavra do Pedagogo


3. Hino Nacional

Hino Nacional na voz de Lindalva Lemos

4. Apresentação do Tirano Cigarro

5. Apresentação dos líderes das equipes – leitura dos deveres dos líderes

6. Apresentação do Grito de Guerra

7. Apresentação da Bandeira




8. Sorteio da ordem das execuções das tarefas

9. Chamada dos alunos responsáveis pela prova de conhecimento

10. Apresentação Musical

 11. Início das perguntas



12. Dramatização



13. Premiação
1º Lugar Matutino - 5º ano B

3º Lugar Matutino - 4º ano A

1º Lugar Vespertino - 4º ano C
2º Lugar Vespertino - 5º ano C

3º Lugar Vespertino - 4º ano D
Todos os professores coordenadores foram premiados pelos líderes das torcidas. 

Para que a Gincana ocorresse de forma mais organizada, foi criado um Regulamento e entregue no dia 04/11 as professoras. Além, de ser lido e explicado artigo por artigo aos alunos, foi  aberto espaço para sugestões e opiniões de todos os sujeitos envolvidos.


ESCOLA MUNICIPAL FIRME NA FÉ
PROJETO ESCOLA: ESPAÇO DE INCLUSÃO
Regulamento I Gincana Cultural de Combate as Drogas


A Escola Municipal Firme na Fé procura fortalecer a prevenção de uso de drogas lícitas e ilícitas através de uma Gincana Cultural com provas de conhecimento, dramatização e música. A Gincana acontecerá no dia 18/11/2011, na quadra da escola. Nos horários: 8h às 11h e das 13h30 às 16h30.


Das Equipes


Art. 1 – As equipes serão formadas pelos alunos das turmas do 4ª e 5ª anos do Ensino Fundamental:


TURNO MATUTINO
Turmas do 4º ano A e do 4ª ano B
Turmas do 5º ano A e do 5º ano B


TURNO VESPERTINO
Turmas do 4º ano C e 4º ano D
Turmas do 5º ano C


Art. 2 – Cada equipe terá um professor coordenador que será a professora da sala de aula.
Art. 3 – As equipes serão compostas por todos os alunos da sala.
Art. 4 -  As equipes junto com o professor coordenador escolherão 5 representantes da sala para a prova de conhecimento, os alunos que farão a dramatização, a apresentação musical e o líder da torcida.
Art. 5 - Nenhum aluno pode participar de mais de uma atividade, para que todos se envolvam com a Gincana.
Parágrafo Único: Caso seja detectado a participação de um(a) aluno(a) em mais de uma atividade a equipe será penalizada com a perda de 15 pontos.
Art. 6 – É de inteira responsabilidade do professor coordenador que sua equipe esteja com todas as exigências compridas no dia da Gincana.


Das Provas


Art. 7 – A gincana abrangerá 4 tipos de prova:
1. Prova de conhecimento
2. Dramatização
3. Apresentação Musical
4. Torcida


Prova de Conhecimento


Art. 8 - Serão entregues a cada professor coordenador 30 perguntas que deverão ser passadas para os alunos. As perguntas deverão ser respondidas, corrigidas e estudadas por todos os alunos.
Art. 9 – As perguntas serão sorteadas no momento da prova para cada equipe separadamente. Após a leitura da pergunta para a equipe, esta terá 1 minuto e 30 segundos para responder. Se não responder não soma ponto para a sua equipe.
Parágrafo Único: Caso a equipe não responda ou erre a questão. A equipe adversária que será a próxima a responder poderá responder e pontuar para a sua equipe o valor normal da questão.
Art. 10- Se uma equipe responder corretamente 3 questões ganhará uma pergunta de bônus para a sua torcida responder no tempo de 1 minuto.

Dramatização e Apresentação Musical


Art. 11 - A turma deverá apresentar uma dramatização de no mínimo 5 minutos e no máximo 10 minutos sobre o tema Drogas: prevenção, risco e conseqüências. O número de participantes deverá ser no mínimo de 3 e máximo de 10.
Art. 12- Os alunos deverão apresentar um número musical com uma das 3 músicas apresentada no decorrer do projeto: Sou vivo não uso drogas; Se liga nessa; e O Careta.
Parágrafo Único: Caso seja de interesse da equipe poderá haver dançarinos. Não poderá passar de 6 participantes.
Art. 13 – Nas duas provas acima as equipes deverão se caracterizar para tornar a apresentação mais atrativa para todos os participantes.


Torcida


Art. 14 – A equipe deverá criar uma bandeira com uma logomarca antidroga.
Art. 15 – O líder da torcida será o responsável pela organização da sua torcida e do grito de guerra.
Art.16 – A torcida não poderá ter nenhuma atitude desrespeitosa para com os adversários e nem com a coordenação do evento. Se comprovado essa atitude a torcida será advertida apenas uma vez e caso não mude de comportamento será subtraído 5 pontos da equipe toda vez que a atitude acontecer.
Art. 17- Somente o líder da é equipe que poderá reclamar junto à coordenação do evento a atitude desrespeitosa da equipe adversária.
Parágrafo Único: A equipe que estiver fazendo alguma atitude antidesportiva será advertida apenas 1 vez pelo coordenador do evento.


Da Pontuação


Art. 18 - Na prova de conhecimento cada resposta correta valerá 10 pontos.
Art. 19 – A pergunta bônus, respondida corretamente, valerá 15 pontos.
Art. 20- A prova de dramatização e apresentação musical, quando devidamente cumpridas, equivalem a 20 pontos cada uma.
Parágrafo Único: Caso cumpra parcialmente, ganhará 10 pontos.
Art. 21- A confecção da bandeira, o grito de guerra e a organização da equipe mais 10 pontos cada um.
Parágrafo único: Se a equipe não fizer a logomarca mais trouxer a bandeira, ganhará 5 pontos.


Dos Critérios de desempate


Art.22- Ao término da gincana será declarada campeã a equipe que somar o maior número de votos.
Parágrafo Único: Em caso de empate será considerado critério para desempate, o maior número de perguntas respondidas corretamente. Se persistir, ganhará a equipe cuja torcida obteve o maior número de acertos nas perguntas direcionadas.


Da Avaliação do 4º Bimestre


Art. 23 – A gincana contará como uma atividade avaliativa do 4º Bimestre para a Disciplina Educação Física e Artes e valerá de 6,0 a 10,0 pontos.
Art. 24 – A participação do aluno na gincana será avaliada individualmente pelo coordenador do Projeto, Professoras de Educação Física e professor coordenador.


Premiação


Art. 25 – A premiação será de acordo com a vontade da equipe campeã, que escolherá entre: atividade recreativa na quadra da escola; pista de patins e skate na quadra da escola ou cinema na escola com refrigerante e pipoca.  E  medalhas de 1º, 2º e 3º lugares para o professor – cordenador.


Disposições Finais


Art.26- Fica firmado neste regulamento que qualquer problema que surgir no decorrer do evento e não estiver contemplado neste documento será de responsabilidade do Coordenador do Evento junto a Direção, ao Pedagogo e de outros funcionários da escola que não estão diretamente envolvidos em decidir o que fazer, sem que haja qualquer intervenção das equipes.

Gincana Cultural:  conhecimento, envolvimento/participação e muita emoção.

 
II ENCONTRO COM COMISSÕES ESCOLARES DO PROGRAMA DE PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS NA ESCOLA

Apoio da Profª Eurinice
Trabalho com parceria, sucesso nos resultados!

Devido ao trabalho realizado na escola com o Projeto Escola: espaço de inclusão, tive a oportunidade de participar do II Encontro com Comissões Escolares do Programa de Prevenção ao Uso de Drogas, que aconteceu no auditório da SEMED /Manaus no último dia 17. O encontro teve como objetivo principal esclarecer alguns aspectos a cerca desta temática. Houve apresentações culturais e palestras. Uma palestra em especial me fez refletir: a palestra do Psicólogo Clínico Sr. Plinio. Ele se preocupou em informar sobre a predisposição genética para o vício. Fez colocações muito importantes como a necessidade urgente de se trabalhar a prevenção, fornecendo aos alunos informações, esclarecimentos sobre o risco do consumo, incentivo à prática esportiva, etc. Uma questão que me chamou bastante atenção foi quando afirmou: TIRAR PRAZER DA VIDA É UMA APRENDIZAGEM, DEVEMOS ENSINAR AOS NOSSOS ALUNOS A SEREM FELIZES. Essa afirmação me tocou, acredito nisso, mas nunca pensei nessa ótica. Ninguém nasce feliz, ser feliz é uma aprendizagem da vida. Isso é bárbaro!!!! Pois quem é realmente feliz não se droga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário